Rio Grande do Norte, quarta-feira, 24 de maio de 2017

Carta Potiguar - uma alternativa crítica

publicado em 17 de maio de 2017

Frente Feminista de Natal lança Carta Aberta e série contra o aumento da tarifa

postado por Leonardo Dantas

Da Frente Feminista de Natal

A Frente Feminista de Natal, como uma rede livre e aberta composta de mulheres autônomas e coletivos, lançou ontem (16/05) nas redes sociais uma carta aberta direcionada a todas natalenses e organizações que lutam pela garantia de direitos e emancipação de da mulher na cidade. A nota pública considera que a maioria das mulheres brasileiras e potiguares utilizam o transporte público como principal meio de locomoção e tem como principal objetivo convocar um bloco amplo de mulheres para somar na luta contra o aumento da tarifa, que já teve como resposta um ato na semana passada com presença massiva de estudantes secundaristas e movimentos sociais que atuam em rede nacional pelo Passe Livre e nas pautas da juventude como o Levante Popular.

Acesse a carta neste link https://goo.gl/W3cJmB

Além da carta aberta (https://goo.gl/W3cJmB), a Frente Feminista também lançou uma série relâmpago contra o aumento da tarifa intitulada “Natal já sabe?”, a qual são divulgadas problemáticas relacionadas ao último aumento da tarifa de ônibus e informações de como ainda é possível atuar para combater a passagem abusiva de R$3,35 do transporte público da capital.

A série surge como uma crítica a falta de acesso à informação que a população natalense sofre nas pautas fundamentais de interesse de toda cidade e seguirá com novas publicações até o ato que ocorrerá amanhã, 18/05, às 14 horas na Praça Cívica. Confira algumas postagens já publicadas:

01) NATAL JÁ SABE? Apenas 14 dos novos ônibus do penúltimo acordo pelo aumento foram entregues!
O último aumento sancionado pela Prefeitura do Natal não respeitou sequer os requisitos do penúltimo aumento para R$2,90. O acordo para alteração da tarifa realizado no ano passado visava a garantia de 70 novos ônibus na capital potiguar, entretanto apenas 14 novos veículos foram entregues à população natalense e um novo aumento já foi aprovado pela gestão. Enquanto o transporte público não for legalizado através da Lei de Licitação (boicotada pelos empresários do transporte em Natal), as natalenses continuarão reféns de uma máfia que visa o lucro em detrimento da qualidade e segurança do serviço.

Via Frente Feminista de Natal > https://goo.gl/XBFAFh

02) NATAL JÁ SABE? Empresas atuantes há décadas em Natal não demonstraram interesse na Lei de Licitação do Transporte

Após semanas de discussão na Câmara Municipal de Natal, pressão da população e mais de 230 emendas legislativas discutidas no projeto, a Lei Licitação do Transporte Público de Natal foi APROVADA e sancionada pelo legislativo natalense em 2015. Finalmente, em 2016, a Prefeitura do Natal publicou o edital da Licitação para regulamentar a situação do transporte na cidade e por duas vezes sequenciadas NENHUMA empresa de ônibus se apontou como interessada em seguir a lei na capital (https://goo.gl/pJF13X). O boicote prejudica imensamente a população natalense e mulheres que sofrem com um serviço público fora da lei, sem garantia de melhorias e segurança.

Acesse a Lei de Licitação aqui: https://goo.gl/egU9p4
>> Na Imprensa: http://g1.globo.com/rn/rio-grande-do-norte/noticia/pela-segunda-vez-licitacao-do-transporte-de-natal-nao-recebe-propostas-de-empresas.ghtml

Via Frente Feminista de Natal > https://goo.gl/M8h8GA

03) NATAL JÁ SABE? Você pode participar da luta contra o aumento e contribuir para revogação do aumento da tarifa para R$3,35

A pressão popular é a maior ferramenta para apresentar aos governos e casas parlamentares os anseios e demandas da população. A classe política que não escuta as vozes de grupos sociais organizados, esquece o papel de representantes e ignora o próprio sentido da democracia.
> Você está feliz com o aumento da passagem?
>> Você vê alguma melhoria efetiva no transporte público de Natal?
>>> Você acha que um serviço sem licitação traz benefícios para uma cidade?

Se a sua resposta foi NÃO para estas perguntas, participe nas ruas dos atos contra o aumento da tarifa e mostre aos representantes que estão lá sua insatisfação. Existe um decreto nas comissões da Câmara, de autoria da vereadora Natália Bonavides (PT) e do Vereador Sandro Pimentel (PSOL), assinados também pela vereadora Eleika Bezerra (PSL) e pelo Vereador Fernando Lucena (PT), que será votado em breve na Câmara Municipal de Natal e tem como objetivo revogar o último aumento para R$3,35, retornando a passagem para R$2,90. Exerça sua participação política nos rumos de sua cidade e esteja presente no ato contra o aumento da passagem amanhã, 18/05, ás 14h na Praça Cívica.

Via Frente Feminista de Natal > https://goo.gl/53HKLo

Fique por dentro do material produzido pela Frente Femininista de Natal em sua fanpage.

 

Leonardo Dantas

Leave a Reply

Cidades

Estudantes ficam sem sala de aula por causa das chuvas