Rio Grande do Norte, domingo, 17 de dezembro de 2017

Carta Potiguar - uma alternativa crítica

publicado em 21 de setembro de 2017

Vereador Luiz Almir é afastado da CMN

postado por Carta Potiguar

O presidente da Câmara Municipal em exercício, Ney Lopes Jr, recebeu no final da tarde desta quinta-feira (21), um ofício do juiz Bruno Lacerda Bezerra Fernandes pedindo o afastamento do vereador Luiz Almir das funções públicas. A CMN tem o prazo de 15 dias para adoção das providência administrativas.

Luiz Almir foi alvo da Operação Gafanhoto (Foto: Reprodução)

A condenação partiu da chamada Operação Gafanhoto, que investiga um esquema de desvio de dinheiro público entre os anos de 1995 e 2002, por intermédio de pagamentos de gratificações a funcionários fantasmas.

Confira o ofício. (Foto: Reprodução)

O vereado Ney Lopes Jr. encaminhou o ofício para análise da Procuradoria Jurídica da Casa. A defesa de Luiz Almir deve recorrer da decisão.

One Response

  1. Lydia disse:

    Esse assassino era pra estar preso há muito tempo. Demagogo e hipócrita.

Política

Democracia  e apatia eleitoral

Política

Para a CIA Plano Astral existe e é potencial arma de Parapolítica