Rio Grande do Norte, quinta-feira, 24 de agosto de 2017

Carta Potiguar - uma alternativa crítica

publicado em 29 de julho de 2013

Deontologia da Amizade

postado por Saskia Sandrinelli

KONICA MINOLTA DIGITAL CAMERAIntroito ao Saber da Amizade

A amizade não surge do nada e não nasce da falta de conhecimento.

O pressuposto natural que age como regra para duas pessoas serem amigas é o conhecimento mútuo que somente nasce pelo convívio, que não precisa ser diário, todavia precisa ter substância e conteúdo. Essa amizade precisa ser legitimada pelas demonstrações, sejam elas de perto ou de longe, sejam em palavras ou em atos, sejam pelo sorrir e pelo chorar juntos… Enfim, pela prática daqueles deveres e regras próprias de quem valoriza outro ser humano e deseja consubstanciar as relações humanas baseadas no amor.

O carinho, o amor vivedor, a amizade, são as evidências sensíveis e ubertosas daquilo que vem do interior dos corações e impregna as relações verdadeiras, numa afeição recíproca entre dois ou mais seres.

Ivenio Hermes

Deep afection by AntDonPitDonCarinho

por Alberto Busquets

Cuidado

Nutre a alma

Poda, aviva

Traz bonança

Embeleza.

Afago

Cede calma

Bem anima

Temperança

Força empesa.

Saúde

Enfatiza

A beleza

Em amizade

Construtiva.

Amiúde

Mobiliza

A certeza

Da saudade

Emotiva.

Amado

Empunha palma

examina

Move, avança

Paz em reza.

Is this Love by aNdikapatRyaAmor vivedor

por Filipe Mendes

Estamos unidos

Pela imaginação

Estamos apartados

Pela desilusão

Somos nós dois

Por falso comum

Somos cada um

Por fato comum

Seremos amigos

Harmonia construída

Seremos sozinhos

Ilusão instruída

Intenso o amor

Amplexo embuste

Acomoda verdade

Intrínseca a dor.

Friendship by thenSirAmizade

por Rafael Franzon

Deitado sobre navalhas

Gritava um homem de dor

Clamando por ajuda

Berrando por Amor!

Pedia aos que o viam

Em pranto desesperador

Que parassem o que faziam

Para ajudarem um sofredor!

Nem olhavam o pobre homem

Que deitado derretia

Passavam bem distraídos

Sem sentir sua agonia!

Não lhe sobrava esperança

Quando surgiu de um corredor

Um sujeito bem valente

O amigo salvador!

___________

SOBRE OS AUTORES:

Alberto Busquets é professor, advogado, orientador do Núcleo de Prática Jurídica Prof. Jalles Costa, que tentou fazer de conta que era escritor… E acabou se tornando um escritor/poeta de talento.

Filipe Mendes é um pensador, escritor e poeta contemporâneo que usa a rebeldia de seus tenros anos como mote poético para redescobrir a essência humana.

Ivenio Hermes é Escritor Especialista em Políticas e Gestão em Segurança Pública, Consultor de Segurança Pública da OAB/RN Mossoró, Conselheiro Editorial e Colunista da Carta Potiguar, Colaborador e Associado do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Pesquisador nas áreas de Criminologia, Direitos Humanos, Direito e Ensino Policial e Ganhador de prêmio literário Tancredo Neves.

Rafael Franzon, é um curioso de mente e alma, que nutre forte adoração pelas artes, tendo encontrado na escrita uma forma de se expressar e tocar as pessoas.

Saskia Sandrinelli

Comments are closed.

Artes

Das experiências-limite ou Da arte de ser selvagem

Artes

1ª Jornada de conhecimento cervejeiro do estado